Deu a Lógica

x68866020_RI-Rio-de-Janeiro-08-07-2017Campeonato-Brasileiro-2017Jogo-Vasco-da-Gama-X-Flameng.jpg.pagespeed.ic.D6RltdnYu6Sim, deu a lógica. Tanto no campo quanto fora dele.

Dentro de campo, a equipe cruzmaltina não queria repetir os mesmos erros da partida contra o Corinthians, em que partiu de peito aberto para jogar de igual para igual com uma equipe superior e acabou goleada. Contra o Flamengo, a solução foi o anti-jogo. O Vasco sabia que, se deixasse a bola rolar, dificilmente impediria o Flamengo de fazer gols. Portanto, a estratégia era não deixar ter jogo, catimbar, parar a toda hora, levar 2 minutos reclamando e atrasando laterais, escanteios e faltas, e tentar achar um gol de contra-ataque. Deu certo. Por um tempo e meio.

Até sair o gol do Flamengo, não houve jogo. E a arbitragem do excelente Daronco, como sempre acontece com toda arbitragem no Brasil e no mundo, pressionada de todos os lados, não soube como coibir. Mas nem precisou.

ER7 se mostra cada vez mais à vontade com a camisa rubro-negra e vem fazendo o que faz de melhor. Hoje, o jogo foi dele. A vitória veio através dos pés dele. Com a bola rolando, deu a lógica.

Destaque também para a choradeira do Nenê. Mesmo com o chute na cabeça que o Guerrero levou no primeiro minuto de jogo e a não expulsão do Luiz Fabiano que arrebentou o tornozelo do Léo Duarte passando em branco, os jogadores do Vasco preferem não reconhecer os méritos adversários e se fazer de vítimas. Este caminho costuma levar à zona indesejada da tabela.

As cenas lamentáveis do pós-jogo são mais do mesmo. Os mesmos vândalos que a imprensa insiste em chamar de “torcedores” promovendo desordem e caos. Não são torcedores. Os torcedores do Vasco estavam acoados e desesperados enquanto esses mesmos bandidos que já são conhecidos de todos promoviam anarquia.

Um bandido foi algemado, depois de muito terror praticado. A pergunta é: Por quê não se algema todos? Qual a dificuldade? Por quê se deixa, ano após ano, os mesmos bandidos entrarem nos estádios, promoverem terror, afrontarem a polícia e saírem intocados?

Os bandidos travestidos de torcedores são 100, os outros 20 mil são torcedores, famílias, pessoas de bem como nós. Desafiar o poder de polícia dos agentes na frente das câmeras já deveria ser motivo suficiente para detenção em qualquer situação do dia a dia, independentemente de ser num evento esportivo.

Provavelmente o Vasco será punido e prejudicado pela ação desses bandidos. Os torcedores também, porque não poderão ir ao seu estádio assistir ao seu time jogar. Mas o clube tem culpa no cartório, afinal, mantém relacionamento com esses bandidos. Até mesmo disponibiliza certa carga de ingressos de forma exclusiva para eles. Mas o Vasco não está sozinho nessa, é apenas a figura debaixo dos holofotes. Todos os clubes no Brasil, lamentavelmente, têm esse tipo de relação promíscua com bandidos que se dizem “torcedores organizados”.

Enquanto o Vasco continua essa bagunça sob a administração de seu jurássico presidente, continuamos assistindo mais do mesmo dentro de campo. E enquanto as Secretarias de Segurança de todos os estados forem coniventes com ações terroristas de bandidos, também continuaremos assistindo mais do mesmo fora dele.

 

Forte Abraço, PMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.