A Paixão que Cega

39Eu sou Flamengo. Nos círculos de futebol e pelada que frequento, sou conhecido por ser apaixonado pelo clube que amo e por implicar com os principais torcedores rivais (vascaínos, tricolores e botafoguenses). No antigo Maraca, tinha lugar cativo entre as colunas 54 e 55, a esquerda da bateria da Raça, numa posição estratégica, aonde conseguia ter uma visão do campo todo, mesmo com todas as bandeiras levantadas. Já sofri por derrotas inaceitáveis e comemorei títulos fantásticos. Já pedi cabeça de jogadores e treinadores, bem como a permanência de tantos outros. E tudo isso daquele lugar que, infelizmente, hoje não existe mais.

Ser Flamengo te envolve num astral maravilhoso de otimismo e megalomania, te dá certezas absolutas e incontestáveis, te faz ser parte de algo maior que o próprio clube. Mas ser Flamengo, por outro lado, muitas vezes faz você diminuir rivais e méritos alheios, e algumas vezes até mesmo erros próprios. O difícil (quase impossível) é quebrar com isso em momentos chave (geralmente crises), e enxergar as coisas como elas realmente são.

Uma equipe que acumula apenas 5 derrotas no ano, está em 4° lugar na classificação do campeonato mais difícil do mundo e tem um treinador reconhecido INTERNACIONALMENTE como TOP 10 mundial, não pode estar em crise. Muito menos cismar com este treinador ou suas escolhas.

DEoK6FiW0AU68Hv

A torcida do Flamengo, quando resolve tirar um pra Cristo, inferniza a vida dessa pessoa e se cega completamente. Veja o Márcio Araújo por exemplo. Parece que não enxergam uma (das incontáveis) bola roubada sequer, e vaiam o cara até mesmo em jogos que ele não erra um único passe.

Com Zé Ricardo não é diferente. Ontem, mais uma vez o Flamengo jogou o que se espera dele, em especial no primeiro tempo. Ontem, mais uma vez, vimos que TODAS as equipes do país estão com medo de se lançar ao jogo contra o Flamengo. Até mesmo o ousado Cuca se fechou, numa espécie de certeza negativa, do tipo “se eu jogar pra cima, o talento dos caras vai me encher de gols quando perder a bola”.

O jogo de ontem é emblemático. Mesmo com Diego e Éverton mal, e ER7 tendo alguns espasmos, o Flamengo criou. Tivemos também uma arbitragem impecável na parte disciplinar, mas que cometeu erros capitais. O pênalti não marcado em Guerrero e a falta sofrida pelo mesmo no lance que culminou no primeiro gol do Palmeiras foram decisivos. E mesmo no lance da falta, o jovem goleiro Thiago, mais uma vez, falhou feio na saída do gol, o que poderia ter “corrigido” o erro da arbitragem.

Tivemos também um lance do ER7 em que ele preferiu se jogar por ter sentido a mão do Mina raspar nas costas dele do que ficar de pé e finalizar a jogada. Esse é um tipo de escolha que não se vê no futebol de alto nível jogado na Inglaterra ou na Alemanha. E ainda, pra completar, tivemos um pênalti desperdiçado pelo craque do time.

Mas foda-se, ninguém viu nada disso. A culpa é do Márcio Araújo e do Zé Ricardo. E agora do Bandeira também.

Ainda que fosse uma derrota, não seria para tanto. Não vou ficar aqui falando dos méritos do Zé Ricardo, tampouco do Márcio Araújo, afinal, quase toda resenha é preciso mencionar algum coelho da cartola, especialmente do Zé. Quem não consegue enxergar, podia pelo menos se apegar na lista divulgada pela Fox, sabendo que o futebol mundial, geralmente se concentra na Europa e deixa as Américas de lado. Se um treinador, mesmo trabalhando aqui, foi citado, ou os caras emburreceram da noite por dia ou você, meu amigo, está com muitas escamas nos olhos.

E mesmo que o Zé fosse tão ruim quanto seus críticos dizem que é, ele é prata da casa! Não merece esse tratamento jamais! Os nossos merecem mais respeito.

O Flamengo vem numa crescente tanto de estrutura quanto de futebol jogado. Não à toa Grêmio, Cruzeiro e Palmeiras, três dos candidatos diretos ao título, se fecharam como clubes pequenos para nos enfrentar. Não à toa, Pogbá, Neymar e muitos outros falam da possibilidade, mesmo que futura, de jogar no Flamengo.

O Neymar sabe que clube grande não troca de treinador no meio da temporada. Antes, ele tinha o Real, o PSG, o Barcelona e mais alguns como raros representantes da elite mundial. Agora incluiu o Flamengo.

Mas você, torcedor, que já sofreu dando a alma na arquibancada e brigando pra não cair anos seguidos, agora quer se revoltar com 4° lugar? Você, torcedor, que sabe a merda que é ver a grandeza do seu clube desprezada, agora que vê um trabalho sério e bem feito, quer jogar isso fora porque o time não venceu uma partida contra um rival direto e que poderia ter vencido?

Se você prefere administrações como Patrícia Amorim e Kleber Leite, se acha que troca de treinador em meio de temporada resolve problema de time, se se incomoda com um treinador prata da casa que joga pra cima, tira o máximo dos jogadores e é reconhecido internacionalmente, então te faço um pedido: mude de time.

O Flamengo que amo, àquele por quem tanto sofri, agora que começa a se colocar em seu devido lugar, não pode ser atrapalhado nesta caminhada rumo ao topo. O Vasco é um clube que é gerido dessa forma que você está pedindo que o Flamengo seja. Vá torcer pro Vasco então. Mas deixe o MEU Flamengo nível Europa em paz! Daqui alguns anos, nossa sala de troféus estará recheada de Libertadores e Mundiais. Aí você poderá se arrepender. Mas por hora, deixe o meu Flamengo, que está no rumo certíssimo, em paz.

Se o Flamengo tem um problema hoje, este problema é ter que superar retrancas. Temos conseguido, com um certo esforço e, vez por outra, a bola não entra ou erros definem o placar. Se você quiser ficar, então apoie o Zé nessa tarefa que, diga-se, ele já tem encontrado novas soluções. Não à toa o jogo de ontem terminou com apenas um volante em campo.

Saudações Rubro-negras.

 

Forte abraço, PMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.