Jogo bom de Assistir

fd_sanxfla_2607-549-1024x682Que jogo bom. Jogo bom para quem é fã de futebol bem jogado. Duas equipes que jogam pra cima, jogam na bola e fazem poucas faltas.

O Santos se compromete tanto com o ataque que, em alguns momentos, até abre mão de se defender. Lindo, heroico, mas meio burro. O Flamengo, que joga pra cima e busca ter a bola, mesmo defendendo uma confortável vantagem no placar. Lindo, heroico e ousado. É disso que precisa o futebol brasileiro para se reinventar. Mais equipes como Santos, Flamengo e Grêmio da temporada atual. Menos futebol burocrático, mais bola pra frente.

O Flamengo saiu na frente com a jogada de talento e visão de jogo do Diego e a conclusão de quem sabe fazer gols do Berrío, e controlou o jogo o primeiro tempo todo, apesar do belíssimo gol do Santos.

Na segunda etapa, o Guerrero desencantou e, justamente quando o jogo começava a perder em emoção, Rafael Vaz deu o toque de adrenalina que a partida precisava para ser levada com bastante energia até o final.

Pra completar, no lance final, Alex Muralha apagou a boa atuação que vinha fazendo até ali com uma bela lambança se embolando com ninguém menos que o ‘astro’ da partida: Rafael Vaz, e deixando a bola entrar. Bom para quem gosta de ver gols.

Por que Gabriel? Por dois simples motivos: a esta altura, perdendo por 3 x 2 e com atletas cansados, a prioridade é a marcação. O Santos tinha mais 15 minutos para fazer improváveis 2 gols e o caminho que haviam encontrado foi subir pela direita (nossa esquerda). Éverton já não estava mais acompanhando as subidas do lateral direito santista, mas esta é uma função que Gabriel executa bem. O outro motivo é bem óbvio: o obsoleto ponta, que já não tem mais espaço no estrelado elenco rubro-negro, precisa ser vendido. Para ser vendido, precisa entrar em campo. E não haverá outra oportunidade. Mesmo na Sulamericana, os novos reforços puderam ser inscritos e entrarão em campo nas partidas futuras. Ou era agora, ou nunca.

Portanto, para quem quer se ver livre do rapaz o mais rápido possível, a entrada dele foi um alívio. Apenas lembre-se que o Zé Ricardo, que você tanto odeia, levou um time com esse mesmo Gabriel e Marcelo Cirino e sem ainda casa a disputar o título brasileiro do ano passado.

Flamengo classificado, passa a régua. Cabeça na ‘final’ com o Corinthians domingo.

 

Forte abraço, PMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.