Desnecessário

8O que mais me incomoda na torcida do Flamengo é sua capacidade destrutiva. A mesma força que vem das arquibancadas e empurra a equipe a reverter situações ‘impossíveis’, joga contra o time e é capaz de estragar todo o planejamento de um ano. E o pior é que a maioria dos torcedores são tão cegos pela paixão que nunca, em mais de 100 anos de história, sequer desconfiaram que isto acontece.

O cara que assumiu o insosso time do Murici ano passado e o acertou, levando-o a sua melhor campanha na história dos pontos corridos, este ano, se tornou o Cristo culpado de todos os pecados. No jogo de hoje, se tivesse entrado em campo com o Márcio Araújo, teriam dito que o Arão jogou bem no último jogo e deveria ter entrado com ele. Se tivesse entrado com o Cuéllar, diriam que o cara não é primeiro volante. Se tivesse entrado com o Rômulo, diriam que estava sem ritmo de jogo. Entrou com o Arão e, naturalmente, queriam o Cuéllar no lugar dele. Sempre inventarão algo pra condenar o Cristo.

Isto tudo começou na eliminação da Libertadores. Eliminação digna, diga-se. Caindo de pé, goleando adversários e, quando perdeu, SEMPRE jogou melhor e perdeu imerecidamente. Uma grande evolução em relação as últimas participações, todas patéticas e vergonhosas. Um grande passo no projeto de clube que o Flamengo monta. Como diz o ditado: Roma não foi construída em um dia. Se não ganhar a Libertadores 2018, que fatalmente jogará, irá mais longe, e assim sucessivamente, e aos poucos, chegará e se manterá sempre no topo, entre os primeiros e os melhores.

Essa pressão por uma eliminação aceitável e até certo ponto normal, ganhou proporções  gigantescas e é a maior responsável pela insegurança que tanto jogadores quanto comissão técnica vivem hoje em campo e à beira do gramado. Isto teve início às vésperas de uma sequência longa de jogos às quartas e domingos por competições diferentes. Não precisava ser nenhum Nostradamus para saber no que isso ia dar.

O Zé Ricardo NÃO VAI ser demitido do Flamengo! Simplesmente porquê o Flamengo não trabalha mais dessa forma! E deveriam ficar satisfeitos com isso! Hoje o clube se planeja para a temporada e CUMPRE o planejado.

No jogo de hoje, mais uma vez, o bom treinador deu provas de sua capacidade na escalação da equipe. Numa nova proposta de jogo, em que tenta aproveitar melhor todos os talentos do elenco, Zé Ricardo conciliou a ‘exigência’ por Diego e ER7 (que não vinha rendendo o esperado na ponta direita) no meio, com o retorno da promessa Vinícius Jr. (que vinha perdendo espaço devido a chegada de muitos reforços contratados para as pontas) como opção no banco para o 2° tempo.

Esta solução, ao menos para um jogo em casa contra um adversário menos perigoso, aparentou ter dado certo no primeiro tempo, antes do erro fatal de William Arão e a consequente ida da vaca para o brejo. Tendo como 1° volante um homem com qualidade no passe e que sabe apoiar o ataque, e até mesmo finalizar (Arão); dois meias de criação (Diego e ER7) com o Diego voltando para ajudar na marcação como 2° volante quando o time joga sem a bola; e mantendo o ataque, com 2 pontas e um centro-avante, o ataque foi melhor abastecido.

O time criou e trabalhou muito com bolas infiltradas, no chão, rasteiras, e quase não alçou à área. Mas, mais uma vez, seja por carma, seja por incompetência, como tem acontecido algumas vezes desde o princípio do ano, a bola não entrou. E então, o Arão que vinha fazendo ótima partida, falhou. E o jogador do Vitória acertou um chute improvável.

Neste ponto, num outro clube grande, a estratégia seria mantida e provavelmente daria certo, devido a superioridade visível do jogo apresentado pelo time da casa. Mas não no Flamengo. No Flamengo, onde a torcida consegue criar uma atmosfera contra, tão pesada quanto consegue criar à favor, a maionese desanda e ninguém aguenta a pressão.

O segundo tempo foi morno e nada aconteceu, simplesmente porque estavam todos inseguros! Todos sentindo a pressão criada pela própria torcida do Flamengo!

Ao final do jogo, a torcida foi embora e os bandidos que existem no meio de todas as torcidas e são chamados de “torcedores organizados” bem que queriam aprontar, mas a segurança do clube e a PM com cães intimidou as “vítimas da sociedade”. Não trabalho no Flamengo, mas se trabalhasse, já teria sugerido ao meu chefe que sugerisse ao chefe dele que sugerisse ao presidente Bandeira que, sabendo que as tais “vítimas da sociedade” tem carta branca pra depredar quando estão em bando, transferisse as próximas partidas do time para o Maracanã. Começando pela semi-final da Copa do Brasil contra o Botafogo. Apenas por precaução.

Ao final das contas, nada muda. A realidade do Flamengo neste campeonato segue sendo a mesma: meta G4. O Flamengo deve priorizar a briga pelo Tetra da Copa do Brasil e principalmente pelo título inédito da Sulamericana, que lançará o time novamente ao cenário internacional. Lembrando que o último título internacional do Flamengo foi a conquista da antiga Copa Mercosul (antecessora desta mesma Sulamericana) em 1999 com um gol de Lê (entre outros) sobre o Palmeiras no antigo Palestra Itália. Este elenco e este treinador merecem fechar esta temporada conturbada levantando ao menos mais um caneco.

Encerro com um trecho da entrevista do Diego ao final da partida de hoje:

“Gostaríamos de estar fazendo mais pelo Zé, pelo homem de caráter que ele é, pelo trabalho que ele faz, mas infelizmente não conseguimos. Vamos trabalhar mais duro ainda para, na próxima partida, reverter isso por todos nós, mas por ele também.”

Que o Diego me perdoe se por acaso alguma palavra dentro das aspas não saiu exatamente como ele às proferiu. Guardei a entrevista de cabeça e não achei em vídeo antes de publicar este texto.

 

Forte abraço, PMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.