Dia Especial

Capture+_2017-12-13-13-35-15Para o rubro-negro, hoje é um dia especial. Em qualquer canto do planeta, o dia do Mundial do Flamengo é relembrado com carinho. E para quem não é Flamengo, também é um dia a celebrar, mesmo que torcendo os lábios.

Para os rubro-negros, 13 de dezembro é uma data escolhida pelos deuses. Data de sua maior glória, a estrela dourada no peito. Data também de seu Tetra campeonato nacional, 6 anos depois (30 anos atrás), o primeiro do país, disputado em uma grande final com outro Tri-campeão. Certamente, se os deuses do futebol escolheram esta data para o Flamengo nos anos 80, época de maior glória em sua história, não escolheram por acaso a data desta final Sulamericana contra o Rei de Copas. A escolheram porque escolheram o Flamengo novamente, porque é o ressurgimento do Mais Querido.

Para os não rubro-negros, os 3 x 0 do Flamengo sobre o maior campeão inglês não se trata apenas da maior goleada aplicada por uma equipe sulamericana sobre uma européia em uma final do Mundial de Clubes, trata-se da inspiração do discurso de posse de Barak Obama 27 anos depois: “yes, we can”. Se o Santos de Pelé conquistou o mundo em 62 e 63 porque era o mágico e inigualável Santos de Pelé, o Zico do Flamengo mostrou ao Brasil que era possível em 81. O Flamengo disse as equipes brasileiras “yes, we can” quando voltou com a taça e o belo resultado sobre o Liverpool. A comprovação veio dois anos depois, quando um jovem e abusado atacante estava lá no mundial de clubes novamente, um tal de Renato Gaúcho, fazendo história com o Grêmio, confirmando que era mesmo possível.

13 de dezembro é dia de glória na Gávea, dia de boas lembranças, dia de história, de tradição e também de presente. Não à toa o dia chuvoso de ontem no Rio de Janeiro ficou para trás antes mesmo da madrugada do dia 13, e amanheceu um dia ensolarado, com cara de Rio de Janeiro, com cara de Flamengo.

Seguimos confiantes para mais um 13 de dezembro a recordar, o 13 de dezembro em que as Américas se lembraram que aqui um gigante adormecia, agora não mais. Um 13 de dezembro que carimbe as cinzas do velho Urubu moribundo e devedor se transformando no novo e sadio, dominador, imponente, audaz Urubu-Rei não só mais do Rio de Janeiro, mas do Brasil, das Américas e do Mundo.

Parabéns Flamengo pelo 13 de dezembro!

 

Forte abraço, PMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.