AION

QUINTADIMENSAO2-300x297Os gregos possuem ao menos três palavras para se referir ao tempo desde a antiguidade, e já falei sobre duas delas aqui. Aion é talvez a menos conhecida entre nós habitantes do continente americano.

Aion não é uma medida. Aion não é numerável ou sucessível. Aion é duração de intensidade de vida, e para explicar melhor, valho-me de dois gêneros literários: novela* e conto.

A novela gira em torno de um acontecimento passado. Algo aconteceu que sempre nos faz retornar a um momento específico, algo que insiste em manter nossa atenção. E esta é a característica fundamental deste gênero: tudo sempre vai se desenvolver em função deste acontecimento passado.

O conto, por sua vez, direciona ao futuro. Histórias paralelas se desenrolam e indicam culminar em um final único, onde um evento comum concluirá o enredo. Este evento futuro nos detém de tal maneira que, por alguns instantes, ele é tudo o que há. É um gênero que, neste sentido, poderíamos chamar de “futurístico”.

Novela e conto, passado e futuro. Em Aion não há presente. Quando estamos em Aion, existimos no passado ou no futuro, em intensidade. Veja o que diz o filósofo Gilles Deleuze:

“apenas o passado e o futuro insistem ou subsistem no tempo […] é o instante sem espessura e sem extensão que subdivide cada presente em passado e futuro […]”

Aion é, portanto, um tempo de intensidade. Vivacidade no futuro ou no passado. Estar em Aion é arrebentar as correntes que aprisionam ao reino de Cronos e ser arrebatadoramente arremessado ao passado ou ao futuro.

Na mitologia Aion é odiado por Cronos, a quem todos deseja subjugar. Ser odiado por aquele que nos faz de vassalos é motivo suficiente para desejarmos conhecer Aion.

Portanto, é desejável voltar os olhos para Aion. Abrir as portas para Aion significa devir, existir originalmente, significa viver sua vida que só pode ser vivida por você.

 

Forte abraço, PMA

*O gênero literário novela não é o mesmo que o gênero televisivo novela

Um comentário sobre “AION

  1. Pingback: O Tempo Fenomenológico | Blog do Pedro Madsen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.