A Bola Pune

Gremio-x-River-Libertadores-AFPNão deu para o Grêmio. Infelizmente, diga-se. Os capítulos que o imortal tricolor vem escrevendo nos últimos anos são de uma história que marca geração.

Contudo, este Grêmio que rompeu com as barreiras históricas de um clube vencedor apoiado na garra de seus defensores como De León e Dinho e que abraçou uma proposta trazida pelo seu maior ídolo, de um jogo de toques curtos, rápidos e envolventes, foi menos ele mesmo nesta semi-final. E foi a primeira vez que isto aconteceu desde que esta fórmula passou a vigorar.

Nesta semi-final o Grêmio optou por ser menos ele mesmo. E quase funcionou. No 1º jogo a estratégia gremista surpreendeu a todos: imprensa, torcida e inclusive o adversário. Por isto voltou da Argentina com um pé na final. Mas não se pode subestimar um adversário com a camisa tão pesada quanto a sua. O River também é campeão do mundo e tri-campeão da América, e tem no elenco Quintero, Martínez e Pratto no banco.

O Grêmio achou que poderia repetir a mesma estratégia no 2° jogo. Mas a bola pune…

River e Grêmio se igualam em qualidade e no futebol de alto nível. Esta semi-final tinha ingredientes suficiente para ser disputada totalmente na bola, entre as equipes de futebol mais vistoso de seus países, mas foi de uma equipe apresentando seu bom futebol e outra escondendo o seu, buscando uma estratégia surpreendente, como quem tenta tirar um ás da manga em um jogo de poker.

Uma pena, pois neste segundo jogo, o Grêmio de 700 passes por jogo e mais de 90% de precisão não trocou sequer 240, e desses não acertou muito mais da metade. Poderia até dar certo. Mas cá entre nós, os deuses do futebol puniram corretamente.

 

Forte abraço, PMA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.